NOVELA: Maria do Bairro - 25 anos da história que coroou Thalia como a rainha das novelas mexicanas

Thalia é Maria - Foto: SBT/Divulgação 


Produzida pela Televisa entre anos de 1995-96, 'Maria do Bairro' é um remake de outra novela chamada 'Los ricos también llorán' de 1979 que foi estrelada por Verónica Castro e Rogelio Guerra. A trama que girava em torno da história de María Hernández é considerada por muitos como a primeira grande novela latina de sucesso mundial.


Já Maria do Bairro foi produzida por Angelli Nesma e trouxe Thalia e Fernando Colunga como protagonistas, a trama foi sem dúvida nenhuma um dos maiores sucessos da emissora nos anos 90s.  Este ano a trama completa 25 anos da sua exibição original e por isso decidimos falar sobre ela, por mais que boa parte dos amantes de novelas latinas já saibam do que trata a história... confira a sinopese: 

 

SINOPSE


Maria é uma menina sem escolaridade e cheia de sonhos que mora na periferia da Cidade do México, ela trabalha na coleta de lixo. Maria está apaixonada por um homem misterioso que ela vê na igreja todos os domingos. Ela viveu sua primeira tragédia aos 15 anos, quando a madrinha, que cuidava dela,acaba morrendo. É o padre Honório quem encontra um lugar para ela viver e trabalhar. É assim que ela acaba indo morar na casa de Fernando de la Vega (Ricardo Blume), um dos homens mais ricos do país, que lhe ensina boas maneiras e a trata como uma pessoa de sua família, mesmo sua esposa Vitoria (Iran Eory) e Carlota, a empregada doméstica (Rebeca Manríquez), não gostando disso. A casualidade faz com que Maria encontre naquela casa aquele a quem ela secretamente sonhava, esse nada mais era do que o primogênito dos de la Vega, o Luis Fernando (Fernando Colunga).


Quando Maria finalmente encontra "seu Romeu", ele está em sua pior fase, pois ele acabou de ser abandonado por uma namorada e jurou nunca mais se apaixonar. Tudo o que ele quer é brincar com as mulheres e é isso que planeja fazer com a protegida de seu pai. Perto dali, está a sobrinha de Vitoria, Soraya Montenegro (Itatí Cantoral), que fará de tudo para conquistar seu primo. A antagonista de Maria é implacável e é a encarregada de marcar a diferença de classe de ambas, por isso sempre a chama de "marginal".


Ao longo da trama, Luis Fernando começa a sentir algo por María, mas depois de uma bebedeira acaba sendo flagrado em uma situação de intimidade com Soraya, que o engana dizendo que está grávida. María, por sua vez, consegue conquistar o carinho dos irmãos de seu amor (Vladimir e Vanessa) e da outra governanta da casa, mas não consegue fazer com que suas duas inimigas (Soraya e Carlota) mudem de ideia e a tratem com o mínimo de respeito. Portanto, diante do golpe que a gravidez de Soraya representa para ela, ela se refugia nos braços de Vladimir (Héctor Soberón).

Thalia e Fernando - Foto: SBT

Depois de mentir para Luis Fernando e dizer-lhe que sofreu um aborto, Soraya se instala na mansão De La Vega e transforma a vida de María em um inferno. Ela até tenta assassiná-la com a ajuda da babá Calixta, uma curandeira que ajudou a criá-la. Mas as coisas não saem como planejado e ela acaba caindo pela janela da casa de seu amante, após colocar a sua babá para fora de casa ao descobrir que na verdade ela era sua mãe. Embora todos a considerem morta, a verdade é que não é nada disso.


María e Luis Fernando podem finalmente ser felizes depois de tudo, mas o ciúme deste pelo vínculo que Maria tinha com o irmão Vladimir o cega e, longe de ter um final feliz, as coisas vão ficando cada vez mais complicadas. Na verdade, Maria recebe um telegrama de divórcio enquanto está com transtornos de ansiedade e grávida. Ela tem seu filho de Fernando sozinha e desequilibrada, o dá para uma mulher no jardim.


Mas neste romance sempre pode acontecer alguma coisa: depois de abandonar o filho, María é internada numa instituição para doentes mentais ao mesmo tempo que Luis Fernando fica sabendo que ela nunca foi infiel e vai arrependido buscá-la. Ele consegue encontrá-la, mas não tem a mesma sorte com o filho. O casal então decide adotar María de los Ángeles (Ludwika Paleta), mas María não consegue superar o que aconteceu. E assim faz de tudo para reencontrar o seu filho... 

 

CURIOSIDADES


TRABALHO DIFÍCIL 

No início da novela, boa parte das cenas da novela foram gravadas em um lixão de verdade no México. E isso foi bem difícil pra Thalia. A este respeito, Thalía disse que era difícil desempenhar esse papel porque tinha fobia de germes e teve que filmar grande parte das cenas no lixão. “Conviver com os catadores de lixo foi uma experiência que apreciei. Apesar de todo mundo mexer com máscaras, eu não, fiquei entre o lixo. Conheci as pessoas que moram nesses ambientes, brinquei com seus filhos, me diverti e lembro com muito carinho esse personagem”, revelou anos atrás.

 

ROMANCE NAS TELAS E NA VIDA REAL

Thalía e Fernando Colunga tiveram uma química que foi além da tela e não foi só algo que aconteceu na imaginação dos telespectadores. Segundo outra das atrizes da novela, Yuliana Peniche (a Alicia), os protagonistas tiveram um romance de verdade durante as filmagens de Maria do Bairro.


“Naquela época, Fernando Colunga era namorado de Thalía, conto-lhes, aqui entre nós, a fofoca de que me lembro: eles eram namorados e eram muito felizes, muito, muito; pareciam muito felizes, muito apaixonados”, revelou. em seu canal no YouTube. Ela conta ainda que a história não prosperou porque a mãe da atriz, Yolanda Miranda, não concordava com essa relação.


“O sobrinho de Thalía a acompanhava muito nas gravações. Fede, de quem recordo com muito carinho, o Federico que também é ator. E Fede nos disse isso, que sua avó não gostava do Fernando Colunga”, explicou. A coisa não durou muito e ela acabou tendo um final feliz com o empresário Tommy Mottola, com quem tem dois filhos e está casada até hoje.


Itati Cantoral - Foto: Reprodução
 UM MARCO

Sem sombra de dúvida a personagem de Itatí Cantoral, a louca Soraya Montenegro, fez tanto sucesso que ela teve que retornar à trama mesmo depois de sua personagem cair de um prédio e "morrer". Com seu exagero, ela foi a responsável por cenas emblemáticas da novela. Uma em especial que é lembrada até hoje, a que ela encontra Nandinho com a Alicia e a chama de "Maldita Lisiada" (maldita aleijada em português) aos gritos. Seja pela iluminação ruim, o dialogo nada convincente e o exagero da situação... o fato é que a cena marcou, virou meme na internet e os atores já falaram sobre ela muitas vezes depois do fim da novela. 

 

SEM PROTAGONISTA?

Thalía nos últimos episódios da novela só aparecia por meio de telefonemas ou cartas, e isso chamou a atenção dos telespectadores. O site Peru 21 revelou que a atriz não queria mais gravar a novela e por isso se afastou da trama, a decisão surpreendeu tanto seus colegas quanto a equipe de produção.


Após vários anos de trabalho ininterrupto, Thalía estava cansada e esgotada. Foi o que confessou 25 anos após o sucesso. Porém, para a sorte dos fãs, sob a pressão do público e de seus companheiros da novela, ela mudou de ideia e voltou ao set para encerrar a história. 


NO BRASIL


A trama foi exibida pela primeira vez entre 19 de fevereiro a 26 de julho de 1997. Sendo que pelo sucesso aqui no país, Thalia visitou o país e participou de vários programas do SBT. Poucos meses depois (em dezembro do mesmo ano) do termino da trama, a novela foi reprisada pela primeira vez pelo SBT. Na década de 2000, a emissora reprisou a novela em 2004, 2007, 2012,2013. Sendo que a sexta e última reprise da novela aconteceu em 2015, para os estados no qual não tinha programação local do SBT.


NOVELA: Maria do Bairro - 25 anos da história que coroou Thalia como a rainha das novelas mexicanas NOVELA: Maria do Bairro - 25 anos da história que coroou Thalia como a rainha das novelas mexicanas Reviewed by NM em foco on 18:57 Rating: 5

Nenhum comentário