RESENHA: Novela 'Pasión de Gavilanes' (2003)

Foto: Telemundo, RCN - Divulgação


'Pasión de Gavilanes' é uma novela colombiana, escrita por Julio Jiménez, que foi produzida pelo RTI Producciones e exibida pela Telemundo em acordo com a Caracol Televisión em 2003. Versão da novela 'Las aguas mansas' (1994), o melodrama também já teve um remake produzido no México pela Televisa em 2008, chamado 'Fuego en la sangre'. 

A novela gira em torno dos irmãos Reyes e as irmãs Elizondo, que acabam formando os casais principais da trama e são interpretados pelos atores: Danna García, Mario Cimarro, Paola Rey, Juan Alfonso Baptista, Natasha Klauss e Michel Brown.

Irmãos Reyes - Foto: Divulgação

O melodrama tem como foco inicial à vingança dos irmãos Reyes - Juan, Oscar e Franco. Eles decidem se vingar dos Elizondos depois de descobriram que sua irmã, Libia, foi enganada pelo patriarca da família, Bernardo Elizondo que inconscientemente acabou causando a sua morte. Nesse contexto, os irmãos partem para a fazenda Elizondo e lá acabam sendo confundidos como pedreiros que tinham sido contratados pela família para fazer uma casa para uma das filhas de Gabriela.

Quando os Reyes conhecem as irmãs Elizondos - Norma, Jimena e Sara-, Oscar os convence a seduzir as mesmas com o intuito de se vingarem. Acontece que eles caem na própria armadilha e acabam se apaixonando por elas, formando assim uma rede de paixões ardentes entre Juan e Norma, Jimena e Oscar e, Sara e Franco.

A novela possui 188 capítulos e muitas coisas acontecem na vida desses personagens. O que você precisa saber sobre os casais é que:
 
Norma e Juan - Foto: Divulgação
Norma (Danna García) e Juan (Mario Cimarro) formam o pilar da trama e são eles os responsaveis por exalar à química do amor proibido, já que quando Norma se envolve com ele ainda é casada com Fernando Escandón (mesmo que o casamento seja só na aparência já que ela nunca o amou e só casou com ele por causa da mãe), um dos personagens mais odiosos da trama. Juan, é o irmão mais velho dos Reyes, ele sempre trabalhou para ajudar no sustento dos irmãos. Este é um dos motivos que fizeram com que ele não se formasse e tivesse um jeito mais bruto. Apesar da sua alma meio esquentada ele é leal e muito boa gente, sem falar que é lindo.

Jimena (Paola Rey) tem um envolvimento inicial com Franco que acaba logo. Tempos depois ela acaba se apaixonando pelo ambicioso Oscar (Juan Alfonso Baptista). Os dois formam aquele casal mais engraçado, mais "light" da trama. Me surpreendi em ver que a Jimena era capaz de viver uma vida simples por amor e que o Franco, apesar de ser ambicioso, soube dar valor ao que eles sentiam.

O último casal a se formar é Franco (Michel Brow) e Sara/Sarita (Natasha Klauss), eles são o meu casal favorito justamente por serem completamente opostos um do outro, ou seja, enquanto Sara é forte, autoritária e meio mandona, Franco é o mais fraco dos irmãos, tem uma inocência e é mais sonhador. A história deles é a que mais demora para acontecer, já que primeiro acompanhamos o envolvimento dele com a cantora do bar Alcalá, Rosario Montes. O que mais gosto na formação desse casal é o fato deles serem tão diferentes e parecerem que foram feito um para o outro. A relação "gato e rato" gera um ótimo enredo.

Zharick León como Rosario - Foto: Divulgação
Um dos grandes segredos que fizeram 'Pasión de Gavilanes' ser um grande sucesso na América Latina foi o fato da trama usar e abusar da carga sensual/sexual dos seus personagens. Era comum ver os 'moçoilos' sem camisa e as dançarinas com decotes mostrando seus "atributos". Alguns chegariam a dizer que a novela só fez sucesso por causa disso. Mais o fato é  que nem tudo era rostinho bonito, o carisma dos protagonistas e o enredo - muitas vezes inverossímil é verdade - popular, engraçado e de fácil compreensão foram extremamente importantes.

Confesso que não gostei do fato de passarem em todos os capítulos - estou falando sério - a música 'Quién es ese hombre', e olhe que não era só na abertura. Tinha versão lenta, agitada, instrumental... da mesma música! Além desse detalhe que é mais perceptível quando você vê vários capítulos seguidos - como foi o meu caso que vi na Netflix-, a novela é bem longa. Ficou nítido para mim, que os últimos capítulos foram alargados e muitas cenas foram mais uma encheção de linguiça.

Fernando e Dinora - Foto: Divulgação
Tenho que destacar que os vilões foram um deleite para esse tipo televisivo. Kristina Lilley como a mãe controladora, Gabriela Elizondo, estava maravilhosamente 'chata' e apesar de no final ficar tudo bem, ainda manteve sua personalidade forte e não mudou de uma hora para outra como acontece em outras novelas. Juan Pablo Shuk como Fernando Escandón é sem dúvida um dos mais odiosos vilões que já tive o prazer de odiar, tenho certeza que o ator deve ter ouvido uns 'desaforos' de telespectadores mais fervorosos na época da novela. Sem falar na louca Dinora, interpretada pela atriz Lorena Meritano.

Ainda no campo elenco, tenho que apontar as atuações mais que positivas de Jorge Cao como o velho Martín e Lady Noriega como Pepita, responsáveis por momentos que me divertiram bastante e, Zharick León, como Rosario. Suas apresentações no Bar Alcalá aconteciam quase todas as noites e tenho certeza que deve ter agradado os homens de plantão.

Por fim, 'Pasión de Gavilanes' pode ter pecado em algumas situações que tornaram a trama  caricata, boba até; no entanto, a escolha de um elenco extremamente carismático e caracterizado, a formação de casais protagonistas exalando química por todos os poros e vilões odiosos, fizeram com que  a trama criada por Julio Jimenéz fosse um enorme sucesso e marcasse o mundo latino das novelas de uma maneira única. 


Foto: Divulgação
CURIOSIDADE

Para interessados, 'Pasión de Gavilanes' já foi exibida em 2004 no Brasil com o nome traduzido para 'Paixóes Ardentes'. A novela estreou em março deste ano e ficou até o mês de junho, saindo do ar pela metade devido a baixa audiência. 
RESENHA: Novela 'Pasión de Gavilanes' (2003) RESENHA: Novela 'Pasión de Gavilanes' (2003) Reviewed by nathalia silva on 00:22 Rating: 5

Nenhum comentário